________________________________Arqueologia Subaquática no âmbito da requalificação da frente marítima da Horta (Faial)



A primeira fase deste estudo, desenvolvida em 2008, incluiu trabalhos de prospecção arqueológica visual e com detector de metais de toda a área de implantação do terminal de passageiros em construção na baía da Horta, a norte do porto actual. Identificaram-se diversos vestígios, entre os quais se destacaram vários canhões, uma presa de marfim e artefactos em chumbo, dispersos por uma vasta área.

Numa segunda fase, entre Abril de 2009 e Julho de 2010, a intervenção incluiu a sondagem, a escavação e a remoção dos vestígios arqueológicos existentes nesta área, permitindo identificar o sítio Baía da Horta 1 (BH-001), um naufrágio disperso por uma vasta área entre os 8 e os 11 m de profundidade. Em BH-001 foram localizados materiais relacionados com a carga, o funcionamento e o quotidiano a bordo do navio, nomeadamente - peças de artilharia em ferro, armas de fogo, cerâmicas, vidros e objectos metálicos ou em madeira e sobretudo uma extraordinária colecção de presas de elefante. O estudo deste espólio sugere que está relacionado com um navio mercante de inícios do século XVIII, eventualmente de nacionalidade inglesa, que operava no Atlântico.

O CHAM acompanha actualmente os trabalhos de dragagem realizados no quadro da empreitada, durante os quais, além de outros vestígios relacionados com o naufrágio referido, foram localizadas duas áreas com potencial arqueológico - uma com restos de um navio em madeira e outra com quatro bocas-de-fogo em ferro.

Estão ainda previstos trabalhos de monitorização dos materiais removidos da área de implantação do projecto.

Entidade responsável: Centro de História de Além-Mar, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Universidade dos Açores.

Duração: Maio a Junho de 2008 e de Abril de 2009 até 2012.

Responsável: José António Bettencourt.

Financiamento: 1ª. fase - APTO - Administração dos Portos do Triângulo e do Grupo Ocidental, SA; 2ª. fase Somague Ediçor – Engenharia, com a colaboração pontual da Direcção Regional de Cultura/ Governo dos Açores.


© Centro de História Além-Mar - FCSH-UNL|UAç