______________________Missão arqueológica e de estudo arquitectónico no sítio de Ksar es-Seghir (Alcácer Ceguer), em Marrocos

Este projecto prevê o estudo científico e a valorização do sítio arqueológio de Ksar es-Seghir. Trata-se de um antigo aglomerado urbano de ocupação islâmica, ocupado pelos portugueses entre 1458 e 1550, sendo depois disso abandonado. O sítio reveste-se, assim, de características únicas, pois o registo estratigráfico não foi perturbado durante cerca de 500 anos. Durante os anos de 1970-1980, foi alvo de seis campanhas arqueológicas por uma equipa marroco-americana, que colocou à vista cerca de 18% da antiga cidade, incidindo sobre níveis de ocupação portuguesa e islâmica.
O presente projecto prevê analisar a informação arqueológica ainda inédita resultante daquelas intervenções, reinterpretar os dados disponíveis, realizar novas intervenções de escavação no terreno, fazer o levantamento e estudo das estruturas e promover a sua conservação e valorização. Procura-se fundamentalmente compreender a apropriação pelos portugueses deste espaço, bem como o quotidiano, os modos de habitar e a cultura material dos portugueses durante o seu século de ocupação.
A investigação integra-se no âmbito mais vasto de estudo das praças portuguesas na parte setentrional do Norte de África, aliando particularmente as abordagens da arqueologia, história de arte e arquitectura.

Entidade responsável: a missão resulta de um protocolo entre o CHAM e a Escola de Arquitectura da Universidade do Minho, por parte de Portugal, e a Direction du Patrimoine Culturel e a Direction Régionale de Culture de la région Tanger-Tétouan, por parte de Marrocos.

Duração: depois de um primeiro ano experimental (2010-2011), a missão tem uma duração de três anos (2012-2015), sendo eventualmente renovável por igual período.

Responsáveis:Abdelatif El Boudjay, André Teixeira e Jorge Correia

Financiamento:
- Acordo Centre National pour la Recherche Scientifique et Technique | Fundação para a Ciência e a Tecnologia - Projecto “Villes et architectures d’origine portugaise au nord du Maroc: Asilah et Qsar es-Sghir” (2011-2012);
- Acordo Centre National pour la Recherche Scientifique et Technique | Fundação para a Ciência e a Tecnologia - Projecto “O sítio arqueológico de Ksar Seghir: confluência de civilizações entre o Mediterrâneo e o Atlântico (séculos XIV-XVI)” (2013-2014).

Apoio:
- Direcção-Geral do Património Cultural.



© Centro de História Além-Mar - FCSH-UNL|UAç